Apartamento minimalista: Como decorar e 20 cores recomendadas

9 minutos para ler

Mesmo que você nunca tenha assistido ao documentário “Minimalismo: um documentário sobre as coisas que importam”, com certeza já deparou, na casa de algum conhecido, com alguma decoração de apartamento minimalista.

Livrar-se dos excessos e manter somente o essencial é o conceito dessa ferramenta que é adotada como estilo de vida. 

Reduzir ao que realmente importa – esse é o segredo do minimalismo. 

Neste artigo, não vamos explicar a essência desse estilo de vida, e sim trazer dicas sobre como adaptar esse conceito à decoração de um apartamento. 

As gerações dos nossos avós costumeiramente davam muito valor às coisas materiais – provavelmente, devido às dificuldades enfrentadas no processo de aquisição. 

Hoje, temos tudo ao alcance de um clique – e, mesmo gastando pouco, é possível investir em itens de qualidade. 

O adulto de hoje, em geral, preza pela praticidade e funcionalidade

Duas das premissas da decoração minimalista. 

Continue lendo para entender melhor! 

O que é um apartamento minimalista?

O segredo para ter um apartamento minimalista é remover qualquer ‘treco’ desnecessário e manter apenas o que for essencial.

Um apartamento minimalista está totalmente livre de bugigangas.

Você só vai encontrar móveis que são essenciais. As superfícies estão livres de enfeitinhos e cacarecos. 

O conceito de qualidade ante quantidade, de modo geral, deve estar em mente ao planejar seu apartamento minimalista. 

Mas, afinal, qual é a vantagem de ter um lar minimalista?

Bom, em primeiro lugar – e talvez isso seja bem importante para você -, é bem mais fácil de limpar.

Ter menos “obstáculos” no chão e nas superfícies faz com que varrer o chão e tirar o pó dos móveis seja quase prazeroso. 

Além disso, pode ser mais difícil conseguir relaxar em um apartamento desordenado e desorganizado. Tudo acaba virando uma distração. 

Pode confiar: fazer uma reforma minimalista no seu apartamento deixará seu lar muito mais aconchegante e atraente.  

A decoração minimalista é baseada na simplicidade. 

Nesse tipo de ambiente, há um predomínio de linhas retas e traçados geométricos em vez de curvas e sinuosidade, típicas de outros tipos de decoração.

As cores também têm um papel importante: devem ser escolhidas de acordo com o ambiente.

Em geral, predominam as tonalidades básicas e naturais, como o branco, o preto, o azul, o bege, o cinza e suas variações. 

6 dicas para decorar seu apartamento na praia no estilo minimalista 

1. Não transforme o apartamento em depósito

Fuja da mania de levar tudo o que estiver sobrando ou sem uso no apartamento onde você mora, na cidade, para o apartamento da praia. 

A menos que seja realmente necessário, você só estará transferindo um item ‘aposentado’ de um lugar para outro. 

Não transforme seu apartamento na praia em um depósito. 

Se o seu apartamento na praia for utilizado aos finais de semana, nas férias e em momentos de lazer, é ainda mais fácil decorá-lo apenas com itens essenciais. 

2. Menos é mais

Para decorar um apartamento minimalista, siga a máxima do “menos é mais”. 

Essa é a premissa do minimalismo: livrar-se de excessos e manter o essencial. 

Aplicada à decoração, significa que quanto menos informação você colocar em um cômodo, melhor.

Escolha objetos discretos e funcionais – ou seja, evite enfeites sem qualquer utilidade prática. 

Invista em elementos com o mesmo tom de coloração para não causar confusão visual.

Sabe aquela sala da sua avó, cheia de porta-retratos da família e souvenires de viagens?

É exatamente o contrário disso. 

Escolha alguns itens que representam a sua personalidade. 

Almofadas (poucas!) e decorações na parede, como quadros, são uma boa pedida.

Ah, e uma maneira super eficaz de dar vida ao ambiente é decorá-lo com plantas. 

apartamento minimalista 1

Você pode apostar em vasos que combinem com a decoração ou acoplá-los na parede.

Opte, no entanto, por vasos que não criam a sensação de entulho e que não impedem a circulação pelo ambiente. 

Caso contrário, o efeito minimalista se perde.

3. Espelho, espelho meu!

Abuse do truque dos espelhos. 

Espelhos dão uma impressão de amplitude aos espaços.

Caso seu apartamento seja pequeno, essa é uma boa dica para fazer com que ele pareça maior – principalmente se você utilizar espelhos que cobrem a parede toda, do chão ao teto. 

Espelhos de corpo inteiro também são ótimos para tirar fotos dos looks praianos que você certamente usará na temporada de verão. 

apartamento minimalista 2

4. Planejamento

Se você quer evitar excesso de móveis e de quinquilharias, é ideal planejar como será seu cômodo. 

banner catálogos de ofertas

Essa necessidade se tornará ainda mais evidente se o apartamento for pequeno.

Com planejamento, os móveis podem ser funcionais e ocupar menos espaço. 

Pesquise orçamentos de móveis sob medida. Podem ser um pouco mais caros, mas acabam compensando em espaço. 

Um armário com porta de correr e uma cama baú são exemplos de móveis ideais para um apartamento minimalista. 

São funcionais, bonitos e ocupam menos espaço.

Invista em móveis baixos, que aumentam a percepção de amplitude. Vale para sofás, cabeceiras, racks, mesas de canto e camas. 

Não é porque é um apartamento de veraneio – caso seja esse o caso – que precisa ser bagunçado e cheio de tralhas, certo?

apartamento minimalista 3

Outra dica valiosa para cômodos pequenos é abusar de prateleiras e de nichos.

Ao contrário das estantes, as prateleiras e os nichos podem ficar acoplados na parede, sem preencher todo aquele espaço.

Podem ficar em diferentes alturas, além de existir vários tipos de formatos, tamanhos e cores. 

Também consta como uma tarefa de planejamento a medição dos móveis, principalmente se você decidir comprar algo pela internet. 

Ninguém quer lidar com um móvel que não cabe na sua sala, né?

Para os mais modernos, existem aparatos que, aliados à tecnologia, transformam uma casa minimalista em casa inteligente.

É o caso de alguns tipos de ar-condicionados que podem ser acionados pelo aplicativo, fechaduras que podem ser abertas com a digital ou geladeiras que geram lista de compras. 

5. Pratique o desapego

Esse pode ser um dos momentos mais difíceis da decoração minimalista – o desapego.

Se você quer trocar a decoração do seu apartamento, comece por um cômodo específico.

Pode ser mais demorado, mas, assim, você conseguirá observar cada detalhe de cada lugar da sua casa.

Comece pelos móveis maiores – sofás, mesas, poltronas e estantes. 

Quais desses itens são essenciais para o seu cotidiano?

Faça perguntas mentais para questionar a utilidade de cada um desses móveis.

Por exemplo: em qual dos sofás ou cadeiras você ou as pessoas que lhe visitam costumam se sentar?

É preciso ser firme para desapegar sem dó.

Divida tudo que está no cômodo em três categorias – manter, vender e doar. 

Depois que você definir o que cabe em cada uma das categorias – e vale lembrar que é preciso selecionar os objetos e móveis que vão na pilha do “manter” com bastante critério -, é a vez de adquirir alguns poucos móveis, todos em cores neutras, para completar o restante do cômodo.

apartamento minimalista 4

6. Iluminação

Não se esqueça dessa parte. A iluminação faz toda a diferença em um apartamento minimalista.

Luminárias que podem ser acopladas à parede e abajures pendentes são uma boa alternativa para iluminar a casa sem ocupar espaço. 

Antes de comprar, visualize o todo – é ideal que a luminária não seja grande demais para o espaço.

Cores recomendadas para decorações minimalistas

A escolha de coloração é uma das partes mais importantes da decoração minimalista.

Para que o apartamento seja verdadeiramente minimalista, não basta somente reduzir a quantidade de móveis.

É preciso que o ambiente seja harmônico e que tenha certa fluidez.

Escolha sua paleta de cores – cores neutras, como tons de branco, creme e cinza são boas opções para realçar a beleza do seu apartamento minimalista. 

O objetivo das cores, nesta decoração, é reforçar o quão limpo e arrumado é o apartamento.

Claro que somente uma boa seleção de cores não fará mágica, mas pode ajudar a enfatizar todo o cuidado que você tem com a sua casinha.

Veja algumas cores indicadas para esse tipo de decoração:

cores minimalistas
  • Branco
  • Marfim
  • Creme
  • Cinza claro
  • Azul bebê
  • Areia
  • Nude
  • Bege
  • Camel
  • Caramelo
  • Bronze
  • Taupe
  • Marinho
  • Cinza
  • Cáqui
  • Oliva
  • Azul marinho
  • Marrom
  • Carvão
  • Preto

O branco, claro, é uma ótima cor para embasar o restante da decoração, mas a escolha de uma combinação menos óbvia pode dar mais vida ao ambiente. 

A partir das cores que você escolher para trabalhar, você poderá escolher os (poucos!) itens de decoração.

Assim, todo o ambiente fará sentido e se tornará único.

Ter um apartamento minimalista é bom para a mente de quem habita

Ter um apartamento minimalista não é tão simples.

Requer planejamento e disciplina, além de um certo sangue frio para praticar o desapego de itens que já não usamos mais, mas que estamos acostumados a ter. 

Lembre-se de que limpar os ambientes de sujeira e de itens desnecessários melhora as energias e reduz a sensação de estresse e de cansaço. 

Além de estar mudando a cara do seu apartamento, você estará aderindo a um novo estilo de vida, mais sustentável e que prioriza o essencial.

Para fazer isso, você pode seguir todas as dicas deste artigo e decorar seu apartamento sozinho.

No entanto, se estiver achando um pouco complicado, pode procurar um arquiteto ou decorador para ajudá-lo nessa tarefa. 

Gostou do nosso artigo? Deixe o seu comentário abaixo!

Posts relacionados

Deixe um comentário